Tempo Estimado de Leitura: 3 minutos

O ensino superior húngaro tem sido um centro de excelência académica há vários séculos. A mais antiga universidade húngara celebrou o 650º aniversário de sua fundação no início de setembro de 2017. Atualmente, existem 66 instituições de ensino superior na Hungria, que são bem conhecidas em toda a Europa. São oferecidos 550 cursos em inglês, alemão, francês e outras línguas. Por ano, milhares de estudantes estrangeiros de todo o mundo chegam à Hungria para estudar e as oportunidades serão abertas para alunos e não alunos da USP. Tanto para graduação quanto para pós-graduação até o doutorado de qualquer área.

Segundo Balázs József, Cônsul Cultural e de Educação no Brasil, “O objetivo do Governo húngaro é aumentar ainda mais o número de alunos. O país, hoje, tem 25.000 estudantes e até 2021 quer alcançar cerca de 40.000 de pessoas cursando o ensino superior.

A estrutura de licenciatura do ensino superior húngaro baseia-se em três ciclos (bacharelado, mestrado, doutorado), de acordo com os objetivos do processo de Bolonha. Serão ao todo oito faculdades húngaras que irão apresentar seus programas de ensino e também explicar sobre as possibilidades de bolsas por meio de critérios aos estudantes e docentes”.

A palestra acontece nessa sexta-feira, 29/09 às 10h00 na Sala da Congregação – Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 – Butantã, São Paulo – SP.

As instituições de ensino superior húngaras estão cada vez mais ativas na cooperação internacional, oferecendo vários programas de graduação dupla e conjunta, projetos de P & D e parcerias acadêmicas na Europa e em todo o mundo.

O estudo na Hungria tem como objetivo promover no Brasil novas oportunidades de bolsas de estudo e programas de estudos de educação superior na Hungria, fortalecendo a cooperação bilateral entre os dois países.

As universidades que estarão no Brasil para participar da maratona na USP e nos salões dos estudantes são: Universidade Corvinus de Budapeste (Economia e Administração), Universidade de Dunaújvárosi (Engenharia), Universidade Szent István (Ciências Agrárias), Universidade Semmelweis (Medicina), Universidade de Pannonia, Universidade de Pécs, Universidade de Szeged, Universidade de Debrecen e cada uma delas terá um representante para apresentar e tirar dúvidas dos presentes. Ex-alunos brasileiros que já participaram dos programas de estudos na Europa também estarão presentes para darem depoimentos de suas experiências. O Sistema Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) é o único sistema de crédito existente na Hungria, facilitando o reconhecimento das conquistas e qualificações de aprendizagem em muitos países em toda a Área Europeia de Ensino Superior.

O programa Ciência Sem Fronteiras foi um grande sucesso: 2.134 brasileiros estudaram na Hungria graças a essa oportunidade de bolsa entre 2013 e 2016. Em geral, a Hungria foi o 12º país de destino mais popular do mundo para este programa. Muitos dos estudantes brasileiros permaneceram na Hungria após o CSF, como por exemplo, Igor Lacerdino, que se tornou o embaixador do Brasil para o bem conhecido programa de apresentação húngaro chamado “Prezi”. O Stipendium Hungaricum Scholarship Program SH é uma nova oportunidade para candidatos brasileiros que oferece estudos de licenciatura, mestrado e doutorado em qualquer campo acadêmico de interesse. No quadro deste programa, a Hungria hospeda cerca de 4.000 estudantes de todo o mundo no ano letivo 2017/18, incluindo o Brasil. A bolsa Stipendium Hungaricum (SH) ‘está disponível para candidatos brasileiros em qualquer campo, com prioridade para os seguintes campos de estudo:

  • Agricultura
  • Engenharia
  • Economia
  • Ciências Naturais
  • Ciências do Esporte
  • Artes
  • Relações Internacionais

Outros estados brasileiros

A Hungria abre as portas para brasileiros graduarem no país por meio de bolsas no salão do estudante também em 30 de setembro e dia 1 de outubro, em São Paulo e, nos dias 03/10 no Rio de Janeiro e 05/10 em Belo Horizonte.

Serviço:

A palestra acontece nessa sexta-feira, 29/09 às 10h00 na Sala da Congregação – Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 – Butantã, São Paulo – SP.