Tempo Estimado de Leitura: 2 minutos

Nesta segunda-feiura (10), o cantor MC Biel foi condenado a pagar R$ 4.400  para uma instituição de caridade no processo de injúria movido pela jornalista Giulia Pereira. Biel terá 30 dias para fazer o depósito em conta judicial do Estado. A instituição a ser beneficiada ainda será definida pela Justiça.

Biel foi processado pela jornalista que o acusou de assédio sexual durante uma entrevista para o portal iG em junho. Segundo Giulia, o cantor a chamou de “gostosinha” e disse que “a quebraria no meio” se mantivesse relações sexuais com ela. Para evitar ser fortografado, Biel entrou e saiu do local por uma porta traseira. Ele fez questão de conversar com Giulia e pediu desculpas à ela logo após a divulgação da pena. Segundo a advogada da repórter, “Ela aceitou e disse que só esperava que ele tivesse aprendido a lidar com o ser humano, e explicou que não era nada pessoal“.

De acordo com o jornal EXTRA, a advogada de Giulia, Ana Paula Cortez, chegou a entrar com uma petição de condução coercitiva para evitar uma nova ausência de Biel. Na audiência passada, em 31 agosto, o artista faltou alegando não ter sido notificado.

Biel em show em Mangaratiba
Biel em show em Mangaratiba – Foto: Facebook/Reprodução

Após toda a polêmica envolvendo o cantor e a repórter, Biel resolveu se afastar dos holofotes, mas ao contrário do que se noticiou na época, ele não desistiu da carreira de cantor. Biel estaria apenas deixando a “fumaça baixar” para retornar ao mercado. Enquanto isso, o cantor tem feito pequenas apresentações pelo país, como a realizada no último domingo em Mangaratiba, no Rio de Janeiro.