Tempo Estimado de Leitura: 2 minutos

“ALICE NO PAÍS DA INTERNET” – O Musical, é uma livre adaptação da clássica história “Alice no País das Maravilhas”, mas que evidentemente se torna uma viagem repleta de aventuras devido à inesgotável fonte de novidades que existe no mundo da informática.

Para encenar a trama em formato de musical, o ilustre diretor Chiquinho Nery seguiu basicamente a história original do escritor Charles Lutwidge Dodgson, publicada em 4 de julho de 1865 sob o pseudônimo de Lewis Carroll. 

O espetáculo, que promete despertar a imaginação e provocar a fantasia do público, estará em cartaz, nos dias 2 e 3 de setembro, às 16h, no Teatro Bradesco (Shopping Bourbon), em São Paulo. Os ingressos já estão à venda e maiores inforações podem ser obtidas no site www.teatrobradesco.com.br

A história começa quando a pequena Alice tropeça no teclado do seu computador e cai dentro do seu monitor, empurrada por Bob Mouse, o mouse do computador, interpretado pelo ator Luciano Borges.

Alice ganha um notebook de presente no dia do seu aniversário e quando vai dormir, sonha que seu computador ficou enorme. Assim, o palco se transforma num imenso monitor.  

O público terá a oportunidade de assistir a um espetáculo repleto de efeitos especiais onde Alice, presa dentro do seu computador, viajará por diversos programas. 

A personagem Alice é interpretada pela atriz Heloisa Périssé e as personagens Coelha e Rainha de Copas são interpretadas pelas atrizes Antonia Périssé e Luisa Périssé, respectivamente. 

O Chapeleiro Maluco, interpretado pelo ator Sérgio Duarte, personagem do conto original, também está presente neste sonho alucinante.  Além disso, a personagem Vírus, interpretado pelo ator Cláudio Handrey, promete destruir todos os programas do computador.   

Alice conhecerá a personagem Caipira, interpretado pelo ator Rogério Freitas, que a levará para passear na partitura de “O Trenzinho Caipira”, magnífica composição de Heitor Villa-Lobos, a bordo de um trenzinho.

A trilha sonora é composta por obras de grandes compositores da música universal, como Heitor Villa-Lobos, Vivaldi, Beethoven, Mursogsky, Chopin, Debussy, Offenbach e Tchaikovsky.

O espetáculo conta com cinco cantores responsáveis pela trilha sonora: Liza Matta, Bruno Boer, Sara Chaves, Pablo Marcel e Carolina Pinas. 

O Cristo Redentor, escolhido como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, será sobrevoado a bordo do 14-Bis, “pilotado” por Billy Cat, o provedor, interpretado pelo ator Danilo Ferreira.

Os cenários são de Alexandre Murucci, figurinos de Marcelo Marques, iluminação de Aurélio de Simoni, coreografia de Sueli Guerra, arranjos e direção musical de Nico Rezende, animações de Ricardo Monteiro, preparação vocal de Fátima Regina, direção de produção de Ernaldo Santini, direção de Cláudio Handrey; com autoria e direção geral de Chiquinho Nery.

Duração: 60 min.
Faixa Etária: Livre

SÃO PAULO
Dia 2 e 3 de setembro
Sábado e domingo, às 16h
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)

www.teatrobradesco.com.br