Tempo Estimado de Leitura: 2 minutos

A partir de hoje, 15 de outubro, a MTV veicula o depoimento exclusivo do compositor e cantor Johnny Hooker. A ação inédita vai ao ar durante a programação do canal e nos perfis da MTV Brasil nas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram). No ar desde 17 de maio, a nova fase da campanha ComingOut in 60´ – #PRONTOSAÍ celebra o ato de ‘sair do armário’.

Eu acho que eu me defino como bicha mesmo. Para os héteros, Senhora Excelentíssima Bicha, por favor. A minha geração se apropriou e ressignificou esses termos pra se identificar“, revela Johnny Hooker.Faz parte da transformação do mundo falar ‘meu corpo bicha’, ‘meu corpo sapatão’, ‘meu corpo travesti’. Eu acho isso incrível“,completa.

Sobre o atual momento conturbado em que o Brasil está vivendo, Hooker demonstra sua insatisfação com o discurso de ódio disseminado pelas pessoas em todo o país: A democracia é uma luta que se luta todos os dias. É uma luta que tem que ouvir todas as narrativas. Ódio não é uma narrativa, explica.

Em depoimento inspirador, cheio de empoderamento e atitude, Hooker ainda comenta sobre a quantidade de LGBTS assassinados no Brasil e como o preconceito contra a diversidade ainda condena essa sociedade. “A gente ainda é o país que mais mata LGBTS no mundo. Mas a gente só vai poder avançar se a gente reafirmar nosso pacto civilizatório com a diversidade, com o diálogo, com a democracia. A gente só pode avançar se a gente voltar a se olhar no espelho e entender que a gente é essa mistura de tantas coisas incríveis“.

fnd_strip_229417_0_full

A versão internacional de “Out in 60” contou com a participação de RuPaul, Leona Lewis, Ingrid Nilsen, Charlie Carver, Maggie Lindemann, Lucas Cruikshank, Connor Franta, Marnie Simpson, Patrick Starr, Courtney Act, Laith Ashley, Matteo Lane, entre outros. Ao redor do mundo, os depoimentos das personalidades internacionais poderão ser assistidos na MTV, VH1, Logo, BET, Channel 5, Comedy Central, Nicknight e VIVA.