Tempo Estimado de Leitura: 1 minuto

O galã coreano Go Tae-seob, também conhecido como Holland, é conhecido por muitos como “o primeiro ídolo gay do K-pop”. Após sua muito elogiada estréia em janeiro do ano passado, Holland lançou sua primeira música de “Nar_C” em 2019. E que claro, ganhou um videoclipe super gay além do EP auto-intitulado.

O vídeo de estréia do Holland, “Neverland”, que também era muito gay, acumulou 1 milhão de visualizações em menos de 24 horas. O vídeo recebeu uma classificação de 19+ na Coréia do Sul por seu conteúdo queer, apesar do vídeo ser bastante manso em todos os outros aspectos.

O Holland é único no mundo do K-pop porque não tem nenhuma agência importante por trás dele como fazem as outras grandes celebridades do K-pop. Sua estréia colocou sua sexualidade em primeiro plano, o que foi comovente, dado o tabu em torno da representação LGBTQ+ em seu país. Este EP foi financiado por crowdfunding, recebendo US$ 40.000 nas primeiras 24 horas.

Seu vídeo “Nar_C” retrata um rompimento gay devastador. “Havia um menino que se apaixonou. O nome do garoto era Holland e o garoto que ele amava era Jaeseok ”, dizia a história do Instagram da Holland sobre o videoclipe. De acordo com o promo, a história segue estes dois amantes que viveram juntos por dois anos, apesar de suas personalidades estarem um pouco em desacordo. Depois de um tempo, os dois desenvolveram um relacionamento tóxico até que finalmente um deles saiu.

Assista o vídeo completo aqui.