Fazer listas sobre qualquer tema é sempre uma atividade espinhosa. Quando o tema em questão é o cinema, as coisas se complicam ainda mais.

O melhor a se fazer neste caso é focar num aspecto que limite o universo de filmes e trabalhar em cima de uma amostra reduzida. Alguém se lembra da nossa lista de melhores filmes passados em um cassino? Pois então. O universo escolhido de hoje é praticamente uma galáxia, tantos são os filmes existentes sobre o assunto: o mundo dos esportes.

Filmes sobre esportes podem ter várias caras: a jornada do time azarão rumo ao título; o retorno triunfal do atleta jogado no ostracismo; os bastidores com seus empresários inescrupulosos e dirigentes corruptos; e até mesmo o golden retriever que ajuda um time de basquete infantil a se sagrar campeão.

Um universo riquíssimo, em que cada modalidade esportiva já se viu representada ao menos uma vez nas telonas. Histórias de superação, união e confiança que revelam as melhores das potencialidades humanas. Filmes que emocionam, seja através do choro, da torcida ou do riso.

Diante do desafio de rankear uma gama tão extensa de excelentes filmes, nossa decisão foi de selecionar alguns esportes marcantes e falar sobre os seus maiores clássicos. Assim, fugimos da responsabilidade de montar uma lista (até porque já existem muitas delas por aí).

O site IMDB, por exemplo, tem a sua própria lista com os 20 melhores filmes sobre esportes. Mas nós, do Ligação Teen, selecionamos três esportes marcantes para falar sobre alguns de seus melhores filmes: futebol americano, poker e boxe.

Remember_the_titansposter

O futebol americano é o esporte número 1 dos norte-americanos. Isso explica a quantidade absurda de filmes sobre o tema.

Alguns títulos chegam a ser considerados obras-primas, como Um Domingo Qualquer (com Cameron Diaz e Al Pacino), Somos Marshall (com Matthew Mcconaughey), Invencível (com Mark Wahlberg) e Invictus (com Morgan Freeman). Mas para essa seleção, nós escolhemos dois: Duelo de Titãs e Jerry Maguire – A Grande Virada.

Duelo de Titãs é um filme de Boaz Yakin lançado em 2000. O longa é baseado na história de vida do treinador de futebol americano Herman Boone, magistralmente vivido por Denzel Washington.

Passado no início dos anos 1970, o filme aborda a luta de Herman, um técnico afro-americano, para vencer o preconceito, a desconfiança e assumir o comando do time da TC Williams High School, no Estado de Virginia.

Além da belíssima história de superação, o longa tem uma das melhores trilhas sonoras do cinema mundial, com a participação de lendas como Cat Stevens, James Taylor, Marvin Gaye e Creedence Clearwater Revival. Duelo de Titãs fez um sucesso estrondoso em todo o mundo, arrecadando mais de U$ 130 milhões.

Jerry_Maguire_movie_poster

Jerry Maguire se destaca por ser um filme sobre esportes onde praticamente não há cenas de esporte. Uma escolha ousada, porém lógica, que privilegia o submundo dos negócios esportivos e tudo o que acontece longe dos olhares dos fãs.

Com direção de Cameron Crowe, o filme é estrelado por Tom Cruise no papel de Jerry, um agente de jogadores de futebol americano que, após ser demitido, fica com apenas um cliente (interpretado pelo excelente Cuba Gooding Jr).

A história gira em torna da relação atleta-agente e acaba revelando o esporte como uma mera máquina de gerar poder e dinheiro. O longa, lançado em 1996, ainda conta com a atuação de Renée Zellweger e é inspirado na vida do agente Leigh Steinberg. Com U$ 237 milhões arrecadados ao redor do mundo, Jerry Maguire ainda obteve cinco nomeações para o Oscar e a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante para Cuba Gooding Jr.

RoundersPoster

Uma outra modalidade esportiva que sempre rende histórias eletrizantes no cinema é o poker. A lista de grandes filmes sobre esse esporte é extensa e inclui títulos como o divertido Maverick, o clássico The Cincinatti Kid, o aclamado Cartas na Mesa e o recente A Grande Jogada.

O ambiente glamouroso que cerca o poker sempre acrescenta um tempero a mais nessas histórias. Entretanto, o nosso filme escolhido para representar o poker é, na verdade, um documentário. Kid Poker, disponível na Netflix, é um filme sobre a vida do canadense Daniel Negreanu, um dos maiores jogadores de poker da atualidade. Dono de 6 braceletes dourados do World Series of Poker (WSOP) e mais de 32 milhões de dólares em premiações, Negreanu é uma lenda do esporte que merece a nossa atenção. Durante o documentário, é possível conhecer suas estratégias de jogo, os desafios superados e seus sonhos para o futuro. Um filmaço que certamente agradará tanto os fãs do poker quanto os leigos.

De todas as modalidades, talvez seja o boxe a mais bem representada no mundo do cinema.

O esporte rendeu tantos excelentes filmes que, se juntarmos RockyTouro Indomável e Menina de Ouro, chegamos à impressionante soma de nove estatuetas do Oscar. A “nobre arte” ainda conta com diversos outros títulos como AliCreedO Vencedor, além do imperdível documentário Quando Éramos Reis. Nós selecionamos dois longas para representar esse filão: Touro Indomável e Rocky.

Touro Indomável é considerado um dos maiores clássicos da história do cinema mundial. Com direção de Martin Scorsese, o longa de 1980 baseia-se na vida de Jake LaMotta, em atuação magistral de Robert de Niro. LaMotta é um boxeador de origem italiana que luta contra seu instinto animal, pondo em risco o seu casamento e sua carreira.

Joe Pesci vive Joey, irmão de LaMotta que tenta ajudá-lo e Cathy Moriarty vive sua esposa. O filme conseguiu oito nomeações para o Oscar, sendo consagrado com as estatuetas de Melhor Ator para De Niro e Melhor Edição. Uma das curiosidades do longa é o fato de Robert de Niro ter engordado quase 30 quilos para interpretar um decadente LaMotta em seus derradeiros anos.

Basta falar de Rocky para que a música tema do filme comece a soar imediatamente em nossas cabeças. A imagem de Stallone subindo as escadarias é uma das cenas mais clássicas e emblemáticas de todos os tempos. O longa, dirigido por John G. Avildsen em 1976, foi dirigido e escrito por Sylvester Stallone e conta a trajetória de um jovem e humilde boxeador rumo ao estrelato.

Com um faturamento mundial de U$ 225 milhões, o filme foi o recordista de bilheteria no ano e venceu três estatuetas no Oscar: Melhor Filme (desbacando Taxi Driver), Melhor Diretor e Melhor Montagem. É claro que tanto sucesso não pararia por aí. A franquia Rocky já gerou oito sequências, contando o recente Creed II.

DEIXE SEU COMENTÁRIO