Homens também devem malhar pernas e gluteos
Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Selecione uma categoria
Rolar para o topo

Topo

1 Comentário

Homens também devem malhar pernas e gluteos


Os maiores músculos do seu corpo estão situados em suas pernas e glúteo. Na verdade, essas áreas contêm aproximadamente metade do seu potencial de massa muscular total. Sabendo isso, a pergunta que fica é: você dedica a metade do seu tempo de treino para esses músculos?

Muitos frequentadores de academias não trabalham, ou trabalham apenas ocasionalmente, os músculos das pernas, o que explica porque hoje você vê tantos “homens funis” na praia. Mas o que adianta ter bíceps volumosos e caixa torácica grande se estão em cima de um par de pernas de pardal? Apesar do preconceito, seu glúteo é igualmente importante. Um levantamento feito pela revista Men’s Fitness descobriu que a parte do corpo masculino que as mulheres mais gostam de olhar é o bumbum, então preconceito não é desculpa para ignorar os glúteos na hora do treino.

Além do mais, se você quer atingir os melhores resultados na conquista de músculos grandes em sua parte superior, é preciso trabalhar os músculos inferiores também. A razão é que os músculos das pernas são tão grandes que a formação deles cria um grande aumento hormonal em seu corpo que afeta todos os músculos. Pode parecer estranho, mas isso significa que fazer agachamentos pode realmente ajudá-lo a construir bíceps.

Para construir massa muscular nas pernas, não existe exercício mais completo e eficaz do que o agachamento. Este movimento obriga a trabalhar todos os músculos maiores, enquanto a estabilização do seu corpo durante o exercício envolve um grande número de fibras musculares. Para muitas pessoas, o agachamento pode parecer complicado, mas vale a pena praticar e garantir um belo par de pernas!

Fonte: Men’s Fitness

ATENÇÃO: Este artigo serve apenas para fins informativos e não se destina a fornecer assistência médica. Antes de tomar qualquer suplemento alimentar ou iniciar um tratamento médico complementar, incluindo o uso de remédios naturais ou à base de plantas, você deve fazer sua própria investigação e, em seguida, consultar pessoalmente o seu médico, nutricionista ou personal trainer habilitado. Não compre produtos proibidos no Brasil, que não estejam registrados no Ministério da Saúde. Para maiores informações visite o site da ANVISA