Tempo Estimado de Leitura: 3 minutos

Artistas e publicações que se destacaram em 2014 serão premiados durante a 27ª edição do Troféu HQMIX – evento considerado o “Oscar” dos quadrinhos brasileiros. A entrega do prêmio será realizada no dia 12 de setembro (sábado), a partir das 17 horas, no teatro do SESC Pompeia. Será uma festa destinada aos apreciadores da arte, que contarão, durante o evento, com a apresentação do jornalista Serginho Groisman, intervenções do humorista Marcelo Marrom e a performance do DJ MZK na discotecagem.

Os ganhadores do prêmio foram escolhidos entre os mais de 1.600 lançamentos na área dos quadrinhos, em 2014, votados por desenhistas, professores, pesquisadores e jornalistas brasileiros, por meio da Associação dos Cartunistas do Brasil e do Instituto Memorial de Artes Gráficas do Brasil. O júri escolheu os sete indicados para cada item, que foi para a votação digital, com auditoria para cerca de 700 profissionais do setor pelo Brasil.

A cada ano, a estatueta do troféu é modificada, para homenagear um grande personagem dos quadrinhos e do humor gráfico brasileiro. Neste ano, o artista plástico Olintho Tahara esculpiu o personagem Diomedes, de Lourenço Mutarelli.

Na entrega do troféu, Watson Portela será homenageado como o grande mestre dos quadrinhos. Ele foi um dos primeiros artistas a se destacar no cenário das HQs da década de 80, em meio à hegemonia do gênero de super-heróis americanos. As obras mais conhecidas do grande público são os álbuns “Paralelas” e “Vôo Livre”. Watson iniciou seus trabalhos em fanzines e, mais tarde, teve sua arte publicada em diversas editoras como RGE, Vechi, Graphipar e Abril.

A Comissão Organizadora do 27º Troféu HQMIX é composta pelos profissionais Gualberto Costa e JAL (presidentes), Andréa de Araújo Nogueira, Benedito Nicolau, Cristina Merlo, Daniela Baptista, Edson Diogo, Marcelo Alencar, Nobu Chinen, Sam Hart, Silvio Alexandre, Sonia M. Bibe Luyten, Tiago Souza, Waldomiro Vergueiro e Will. O Júri de indicações é composto por Will (presidente), Daniel Lopes, Heitor Pitombo, Jota Silvestre, Marcelo Naranjo, Michele Ramos e Télio Navega.

Red Expo - painel  02

Categoria Teses Acadêmicas

Nesta edição, concorreram 31 Teses Acadêmicas — 12 TCCs, 13 trabalhos de Mestrado e seis teses de Doutorado — provenientes de diferentes universidades, a maioria de universidades federais de vários estados brasileiros. Mais uma vez, esses trabalhos caracterizaram-se pelo alto nível de pesquisa. A comissão tem um critério de avaliação  que se resume nos seguintes itens: Ineditismo do Tema, Estrutura do Trabalho, Metodologia, Contribuição para a Área, Redação e Apresentação Visual (diagramação, iconografia etc.). Os temas vencedores refletem atualidade e ousadia e contribuem para o enriquecimento da bibliografia brasileira de Histórias em Quadrinhos e Humor Gráfico.

Os trabalhos foram analisados pela seguinte comissão: Profa. Dra. Sonia M. Bibe Luyten (Presidente da Comissão), Prof. Dr. Waldomiro Vergueiro, Profa. Dra. Andrea Nogueira, Prof. Dr. Nobu Chinen e Mestre Maria Cristina Merlo.

Exposição

O Metrô de São Paulo, juntamente com a IMAG e a Associação dos Cartunistas do Brasil, tem realizado mostra itinerante com os trabalhos vencedores do 27º Troféu HQMIX. No mês de agosto, a estação Sé foi palco da exposição e, a partir do dia 10 de setembro até 30 do mesmo mês, será a vez da estação Paraíso do Metrô – linhas verde e azul, receber as obras. O evento tem o patrocínio da STABILO e o apoio da Way Comunicações e do Guia dos Quadrinhos.

Sobre o Troféu HQMIX

O Troféu HQMIX foi criado em 1988, pela dupla JAL e Gualberto Costa, no programa TV MIX, da TV Gazeta. O prêmio logo foi apadrinhado pelo então apresentador do programa, Serginho Groisman. A votação nacional é feita pela categoria dos desenhistas de HQs e humor gráfico, por meio da Associação dos Cartunistas do Brasil (ACB) e do Instituto Memorial das Artes Gráficas do Brasil (IMAG).