Os filtros que simulam os efeitos de cirurgias plásticas e outros procedimentos estéticos estão com os dias contados no Instagram. A Spark AR, plataforma de realidade aumentada responsável pela criação e aprovação dos efeitos na rede social, comunicou que vai removê-los em breve.

Em nota publicada no Facebook, a empresa disse que está revaliando suas políticas vigentes – sobretudo as relacionadas ao bem-estar dos usuários. “Queremos que os filtros da Spark AR proporcionem experiências positivas“, justifica o texto.

A empresa não informou a data em que a nova diretriz será adotada, mas assegurou que fará as atualizações “o mais rápido possível”.

A Spark AR Creators permite a qualquer pessoa criar filtros para o Stories, além de compartilhá-los na rede. O acesso à ferramenta foi liberado em agosto a todos os perfis Instagram. Até então, a brincadeira era restrita apenas a famosos e celebridades.
Entre os filtros estéticos mais populares da Spark AR está o “Fix Me”, que ilustra as marcações pré-operatórias feitas por cirurgiões plásticos, além de hematomas pós-cirúrgicos.

Conexões saudáveis

Banir os filtros de cirurgia plásticas não é a primeira medida adotada pelo Instagram para tornar a rede mais sadia. Em agosto, o aplicativo restringiu o alcance de posts sobre produtos de emagrecimento e procedimentos estéticos. Menores de 18 anos também já não têm mais acesso a publicações que incentivam a compra ou mostram o preço de itens como sucos, chás e pirulitos com efeito laxante.