Tempo Estimado de Leitura: 2 minutos

Com a crescente importância do eSports, sobretudo na categoria dos MOBA, além de se preocuparem com o game em si, as produtoras estão se vendo cada vez mais envolvidas no policiamento de seus jogadores profissionais que vira e mexe quebram algumas regras impostas pelas empresas, como por exemplo compartilhar suas contas ou criação de contas secundárias. 

E pensando em manter a ordem as suas regras, a  Hi-Rez Studios decidiu banir temporariamente cinco jogadores profissionais de “Smite”, acusados exatamente de compartilhar suas contas e de criarem contas secundárias para disputas em níveis mais baixos.

Os jogadores e suas respectivas suspensões são: Tocketty, da Enemy eSports, que ficará 3 dias banido; Soulshiner, da Enemy eSports, suspenso por 14 dias; Lloydy, da Trig, também suspenso por 14 dias; Vetium, da Boogaloo, outro suspenso por 14 dias; e Mask, da COGnitive Gaming, que recebeu a maior suspensão e ficará de fora do jogo e de suas competições por um ano.

A diferença na duração das penalidades se deve ao fato da reincidência na quebra de regras. Enquanto Tocketty, por exemplo, é suspenso pela primeira vez, Soulshiner, Lloydy e Vetium são advertidos pela terceira vez. Mask, banido por um ano, chegou à sua quinta suspensão.

“Smite” está disponível gratuitamente para PC. A Hi-Rez Studios trabalha, ainda, em uma versão do game para Xbox One, cujo beta está previsto para ter início neste ano. No Brasil o game é distribuído pela LevelUp Games, quê recentemente anunciou parceria com o metaleiro Detonator, para ações de marketing, além do mesmo emprestar sua voz para o personagem Thor do jogo, na dublagem para o Português. Confira nossa cobertura especial aqui.