A época da Páscoa esta chegando e com ela muitos chocolates e também muitos olhares pidões dos animais de estimação ansiosos por um pedacinho do ovo, da barra ou bombom de chocolate. O que talvez muitos donos de animais não sabem é que dar um pequeno pedaço de chocolate para animais pode esconder muitos perigos, fazendo com que seus animaizinhos adoeçam, correndo até mesmo risco de morte.

Nos cachorros a reação pode variar entre aumento da temperatura corporal e dos batimentos cardíacos até diarreia e vômito. Já nos gatos, os problemas podem ser mais graves e levar até à morte.

O doce em questão contém uma substância chamada teobromina, que estimula o sistema nervoso e fluxo sanguíneo nos animais, podendo prejudicar os pulmões, rins e até causar parada cardíaca ou convulsão. A teobromina não é digerida no organismo do animal e acaba ativando o sistema nervoso central por mais tempo, provocando diversos efeitos colaterais. O risco pertinente é que os sintomas demoram entre 6h e 12h para se manifestarem, aumentando o risco à saúde d o pet. Os gatos, não serem muito fãs de alimentos adocicados, tendem a preferir pelo chocolate meio amargo e, esses, são justamente os que possuem maior concentração de teobromina“, ressalta Andressa Felisbino, veterinária da DrogaVET.

É importante salientar que os pets não conhecem o sabor do chocolate, por isso os donos não devem, em hipótese alguma, dar chocolate para animais. Assim como um diabético não pode ingerir doces, cães e gatos também não podem comer chocolate.

Para os donos que querem fazer um agrado para seus pets, já existem diversas opções de chocolates específicos para consumo animal. Portanto, nesta Páscoa – e em todos os outros dias do ano – os proprietários devem ficar atentos aos petiscos e ao que cães e gatos ingerem e serem fortes contra os olhares pidões

Mas o que fazer se meu cachorro ou gato comeu chocolate?

Se o seu pet comeu chocolate, o mais importante é leva-lo ao veterinário. Os sintomas vão desde o vômito, diarreia, beber mais água e urinar muito, apresentar náuseas até arritmias cardíacas e convulsões. Em casos mais graves pode até morrer. Hemorragia intestinal pode ocorrer em alguns casos, normalmente entre 12 e 24 horas após a ingestão.

Infelizmente não existe antídoto para a intoxicação por teobrominas e então o tratamento deve ser de suporte para os sintomas apresentados. Trata-se de uma emergência médica. Se a ingestão for recente (até 3 horas) o veterinário deve tentar fazer o animal vomitar o que comeu. Normalmente, devido aos vômitos e diarreia, o soro na veia deve ser instituído e por isso, muitas vezes, tem que ficar internado até controlar os sintomas.

Caso a ingestão seja de chocolate branco ou um chocolate com baixa concentração de teobromina o que pode ocorrer é somente um quadro gastroentérico (vômito e diarreia) devido à presença de gorduras.

Em qualquer um dos casos, é sempre importante procurar um médico veterinário!

DEIXE SEU COMENTÁRIO