Tempo Estimado de Leitura: 3 minutos

Para um beijo saudável, é preciso saber cuidar bem da boca. Lembre-se de que a higiene bucal vai além de um hálito fresco. Saiba mais!

Beijar é uma forma de transmitir carinho e amor, proporcionando muitos benefícios para quem dá e o recebe. Porém, o beijo vai além de ser um gesto afetivo, já que ativa a produção de anticorpos.

Para os apaixonados de plantão, nada melhor do que dar e receber um beijo saudável, não acha? Veja aqui algumas dicas para deixar esse momento mais gostoso!

Benefícios e malefícios do beijo

Casal prestes a beijar romance

Movimentar cerca de 30 músculos do rosto e ter batimentos cardíacos que podem chegar a 150 por minuto traz uma sensação incrível. Mas antes de distribuir e receber beijos, é importante se atentar a alguns cuidados.

Saiba que a saúde e o beijo na boca estão relacionados. Assim como proporciona benefícios, também traz malefícios, caso uma das, ou as duas, partes não se atentar aos cuidados com a saúde bucal.

Alguns dos benefícios do beijo são:

  • Diminui o estresse, já que libera endorfinas.
  • Previne cáries por estimular a produção de saliva que atua na proteção da boca.
  • Ajuda a emagrecer, pois permite a queima de cerca de 15 calorias.

Já os riscos à saúde também existem, como:

  • Transmissão da hepatite B;
  • Candidíase;
  • Herpes;
  • Tuberculose;
  • Gripe;
  • Mononucleose;

Por isso é muito importante se atentar a alguns cuidados antes de sair beijando. Além disso, contar com um plano odontológico ajuda a manter a saúde bucal sempre em dia.

Como ter um beijo saudável

Homem beijando mulher na chuva

Para evitar os malefícios que um beijo pode trazer, atente-se a essas dicas!

Faça boa higiene bucal

Além de usar a escova, enxaguante bucal e o fio dental, utilize também o raspador de língua. Assim, você evita não apenas passar resíduos alimentares para outra pessoa, como também evita ter mau hálito.

Cuide da saúde da boca

Fique em alerta para sinais como: boca seca, sangramentos na gengiva e sabor de amargo. Eles podem indicar alerta para doenças e requer uma visita ao dentista.

Pare de fumar

Não precisamos nem mencionar os malefícios à saúde, pessoal e das pessoas à sua volta, ao fumar. No caso do beijo, um fumante proporciona um gosto bastante desagradável ao parceiro (a).

Não saia beijando várias pessoas

Pelo menos, em certo período de tempo, evite beijar várias pessoas para não se expor a muitos microorganismos. Isso favorece a contaminação por doenças que são transmitidas pela saliva. Considere beijar apenas alguém em que você confia e conhece.

Não passe herpes

Se você já teve herpes uma vez, terá para sempre e ela aparece, especialmente, quando a imunidade está baixa. Ao perceber sinais como ardência na pele e as famosas bolinhas, não beije ninguém até que as feridas desapareçam.

Aumente a sua imunidade

Mantenha a imunidade fortalecida para que o beijo não lhe traga preocupações. Com o corpo fortalecido, ele terá uma barreira protetora contra doenças infecciosas que podem ser transmitidas pelo beijo.

Lembre-se de que, melhor do que beijar, é usufruir boa saúde. Em caso de qualquer alteração na boca, conte com um profissional para evitar problemas mais sérios.

Por: Andreia Silveira, colaboradora do site PlanodeSaude.net.