Muitas pessoas querem ter o sorriso perfeito e uma das maneiras de conseguir é através do uso de aparelhos odontológicos. Entretanto, há muitas dúvidas sobre esse assunto, antes mesmo do indivíduo procurar um dentista.

Todas essas questões podem ser respondidas dentro do consultório odontológico. O profissional da saúde é a melhor pessoa para responder essas dúvidas, assim como esclarecer pontos fundamentais para a sua manutenção e seus cuidados.

Por todos esses motivos, é essencial divulgar quais são os principais mitos, pois muita gente acaba tendo medo de realizar esse tratamento por conta disso, acabando por nem buscar a opinião de um profissional.

Os resultados são melhores na infância

Verdade! Quando a criança ou adolescente coloca um aparelho ortodôntico, os resultados são obtidos mais rapidamente, pois a movimentação dos dentes ocorre de maneira mais lenta nos adultos. 

Além disso, é possível corrigir o posicionamento dos dentes e o seu crescimento, evitando má oclusão, ou seja, o mau fechamento da boca, na fase adulta. 

Esse é um dos principais motivos para que as crianças comecem a ir ao dentista preços acessíveis desde pequenos. O indicado é que isso ocorra logo que os primeiros dentes começarem a nascer para garantir que todos os cuidados sejam tomados, assim como o tratamento com aparelhos odontológicos se iniciem logo, caso necessário.

Adultos não podem usar aparelhos odontológicos

Mito. Apesar de o tratamento ser mais rápido e muitas vezes menos complexos durante a fase de crescimento, é comum que adultos usem aparelho e os seus resultados também são satisfatórios.

Além disso, a dentição permanente é a ideal para receber o uso dos aparelhos odontológicos, pois estimula a absorção e a reposição óssea. Caso seja necessário, procure um dentista para você através do marketing na odontologia, encontrando profissionais qualificados para o seu atendimento.

Aparelhos odontológicos mancham os dentes

Mito. Muitos pacientes têm medo de dar início ao tratamento por conta das manchas nos dentes. Entretanto, não é o aparelho que provoca esses problemas e sim a má higienização bucal.

Além disso, em alguns casos os pacientes tentam retirar os braquetes sozinhos, o que também pode causar as manchas. Isso se dá por conta do braquete ser colado com resina, que deveriam ser retiradas apenas pelo profissional.

Muitas vezes, o paciente sozinho não consegue retirar toda a resina, ficando com um aspecto de manchado e até mesmo sujo. Isso deixa a estética do sorriso completamente comprometida, podendo fazer com que o indivíduo se sinta inseguro.

Você vai precisar tomar cuidado com a alimentação

Verdade. Por conta dos aparelhos odontológicos, a sua alimentação vai acabar sofrendo alterações. Entretanto, você não precisa excluir de vez esses alimentos da sua dieta, mas é necessário tomar cuidados.

Os principais alimentos para se ter atenção são os duros, como pipoca e amendoim. Entretanto, os profissionais aconselham a diminuir o seu consumo durante o tratamento, pois qualquer descuido pode fazer com que os braquetes se quebrem ou o fio entorte.

O aparelho só pode ser usado na dentição permanente

Mito. Existem dois tipos diferentes de tratamento, o preventivo e o corretivo.

O preventivo é indicado para os pacientes que possuem a dentição de leite ou mista, normalmente até os doze anos. Enquanto isso, o corretivo é utilizado nos casos de dentes permanentes.

Isso porque os dentes de leite não aguentam a força que é feita pelos fis para a movimentação necessária. Por esse motivo, é essencial que o tratamento do aparelho dental seja feito por um bom profissional.

Não pode praticar esportes

Mito. É possível fazer uso de aparelhos odontológicos enquanto se pratica esportes. Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados, principalmente para aqueles esportes que têm mais contato corporal, como lutas, futebol, handebol e basquete. 

Em vários desses esportes já existe uma recomendação para o uso de protetores bucais e essa dica vale ainda mais para aqueles que usam aparelhos odontológicos.

O tratamento demora para trazer resultados

Depende. Cada pessoa tem um resultado diferente ao longo do tempo, sendo assim, cada um possui uma evolução no tratamento. Quando um paciente não segue as recomendações do ortodontista, como o uso de elásticos e por conta da limpeza bucal, o tratamento pode acabar levando mais tempo.

Além disso, isso também depende do quanto o paciente se dedica aos cuidados de manter o aparelho, assim como em relação à higienização e alimentação, como também pela complexidade de cada caso, que pode variar de um paciente para o outro.