Tempo Estimado de Leitura: 3 minutos

Os aplicativos de monitoramento parental são os novos queridinhos dos pais na eterna busca de modos mais eficazes de proteger seus filhos dos males do mundo, seja esse mundo real ou virtual.

Mas o que os filhos acham disso? Utilizar desse tipo de aplicativo pode ser muito vantajoso para os pais, principalmente quando é utilizado nos celulares ou outros dispositivos que pertencem a crianças pequenas.

E os adolescentes? O que acham sobre isso? A fase de descobertas da vida pode ser atrapalhada por esse tipo de controle dos pais? Veja as vantagens de ser monitorado pelos pais, com aplicativos de controle parental!

Como o controle parental pode ser vantajoso para mim?

Sabemos que ter os pais em nossa cola, principalmente nessa fase da vida, pode ser um tanto incômodo. Mas sabemos também que tudo isso é um cuidado com sua segurança, seja ela física ou psicológica.

Porém, utilizar desse tipo de controle pode tirar preocupações que, muitas vezes, estão apenas na preocupação dos pais. De acordo com o Find My Kids, um dos apps de controle parental mais utilizados, ao instalar o app, os pais contam com várias funções.

Entre elas, eles contam com a localização em tempo real, o que é perfeito para aquele momento em que seus pais te ligam, cheio de preocupação, quando na verdade você já está a caminho de casa.

Além disso, é permitido criar uma “geofence”, ou seja, uma “cerca virtual” geográfica, que emite alertas aos pais quando o celular monitorado entra ou sai desse limite. Isso evita várias ligações e mensagens rotineiras com o simples intuito de saber aonde você está.

A maior vantagem é utilizar desses aplicativos para o seu próprio bem. Além de se sentir sempre seguro pois, não importa o que aconteça, seus pais poderão te localizar e você terá um meio direto de comunicação com eles.

Como funciona um controle parental?

Monitoramento parental 01
Fonte: Pixabay

O aplicativo conta também com uma função SOS que permite que seus pais recebam um alerta quando você estiver em situações de perigo. Isso, somado à capacidade de rastreamento de localização.

Outro exemplo é quando você está navegando na internet e seus pais te cobram sobre não acessar conteúdo inapropriado. Com o aplicativo, eles mesmos podem selecionar o que não querem que seja acessado, como violência, conteúdo adulto e o que mais acharem pertinente.

Além de contar com segurança extra, seja navegando na internet ou fora de casa, o aplicativo pode te ajudar com uma ótima ferramenta: o controle de uso. Sabemos como é fácil perder horas e horas utilizando o celular, e muitas vezes acabamos fazendo as tarefas do dia com atraso ou com menos tempo do que precisaríamos.

O controle de uso pode ser um aliado na hora de realizar as tarefas escolares e estudar para as provas sem maiores distrações. Seus pais, ou você, pode configurar um horário para que, automaticamente, alguns aplicativos ou o celular inteiro seja bloqueado, promovendo assim o uso consciente. Com isso você fica com tempo hábil para realizar os deveres escolares ou outras atividades.

O mais importante é que tudo seja realmente bem conversado e acordado entre os pais e os filhos. Combine com os seus pais o que você não gostaria que fosse “controlado” e encontrem um meio termo entre as duas vontades.

Assim, eles se sentirão mais aliviados por você estar sempre em segurança e você não terá o incômodo de tê-los sempre em sua cola. Ou seja, você evita aquelas chamadas no celular, enquanto está com seus amigos.

Então, gostou de como a tecnologia ajuda a proteger crianças e adolescentes, deixando os pais mais tranquilos? Viu como você também terá benefícios com o monitoramento parental?