Tempo Estimado de Leitura: 7 minutos

Podemos dividir os perfumes masculinos em três grandes famílias olfativas, são elas: Fougére, Chipre e Oriental. Na família Fougére, as notas predominantes são combinações de lavanda, bergamota, gerânio, musgo, cumarina e âmbar. O Fougére pode fresco, amadeirado ou ambreado.

A família Chipre é caracterizada por um frescor cítrico juntamente com um fundo de musgo de carvalho e patchouli. O Chipre pode ser amadeirado, couro, fresco ou cítrico.

Por fim, os Orientais. Eles combinam notas resinóides acrescidas de madeiras, incensos e notas doces de baunilha. Todas elas temperadas com especiarias como pimenta, gengibre e cravo. O Oriental pode ser ambreado ou especiado.

Difícil entender sem cheirar, não? Então vamos ilustrar tudo isso. Tente identificar o seu namorado numa das 9 personalidades abaixo, preste atenção nas características e acerte em cheio o perfume certo para ele.

São várias opções de compra de perfumes, mas você também pode anotar as características da fragrância que mais se parece com o seu namorado, seu pai, seu amigo ou você mesmo e pedir a ajuda de uma vendedora. Ela poderá lhe auxiliar na escolha do perfume, inclusive dentre os nacionais, que são deliciosos.

 

Descubra qual perfume masculino combina mais com você

  • Aventureiro – Esportista

    Ele tem personalidade aventureira, pratica atividades físicas e esportes radicais. Se fosse um personagem, seria Pierce Brosnan, em “Die Another Day”.
    O seu guarda-roupa é repleto de peças do estilo casual, as cores vivas se alternam com o jeans básico. As malhas rústicas vivem jogadas em seus ombros e óculos com armação de metal encaixados no bolso da camisa.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Fougére Fresco, que junta notas de flores de lavanda às notas frutais, verdes, especiadas.
    Algumas opções: Cool Water (Davidoff) 1988; Jazz (YSL) 1988; Tsar (Van Cleef & Arpels) 1989; Herrera for Men (Herrera) 1991; XS (Paco Rabanne) 1993; Polo Sport (Ralph Lauren) 1993; Dolce & Galbana (Dolce & Gabbana) 1994; Tommy (Aramis) 1995; Pleasures for Men (Lauder) 1997; What about Adam (Joop!) 1997; Essenza di Zegna (Ermenegildo Zegna) 2003.
  • Vanguardista – Inovador

     

    Este homem é ligado aos valores essenciais, como o romantismo, e consegue aliá-los à vida moderna. Ele é observador e sabe destacar sua sensualidade, até nos mínimos detalhes. Se fosse um personagem, seria Val Kilmer, em “Batman Eternamente”.
    Suas roupas, em cores suaves, têm corte simples e impecável. O gato sabe combinar os tons e valoriza a qualidade dos cintos de couro e das fivelas quadradas.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Fougére Amadeirado, que combina as notas de flores de lavanda às notas aromáticas e de madeiras.
    Algumas opções: Paco Rabanne (Paco Rabanne) 1973; Boss Sport (Hugo Boss) 1987; Bulgari Pour Homme (Bulgari) 1995; CK Be (Calvin Klein) 1996; Gucci pour homme (Gucci) 2003; Rive Gauche pour home (YSL) 2003.
  • Clássico – Chique

     

    Ele tem estilo, é chique e gosta de marcar presença. Se fosse um personagem, seria Al Pacino, em “O poderoso chefão”.
    Suas roupas têm cores sóbrias e corte perfeito, combinadas às belas gravatas e abotoaduras charmosas. Ele gosta de marcas famosas e valoriza os grandes alfaiates.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Fougére Ambreado, que combina as notas de flores de lavanda com as notas ambaradas.
    Algumas opções: Brut (Fabergé) 1964; Zino Davidoff (Davidoff) 1986; Salvador Dali pour Homme (Dali) 1987; Minotaure (Paloma Picasso) 1992; Roma Uoma (Laura Biagiotti) 1995; Boss Elements Aqua (Hugo Boss) 1996; Diesel Plus Plus (Diesel) 1997; Dunhill Cosmopolitan (2003).
  • Elegante – Charmoso

     

    Trata-se de um homem sofisticado que esbanja charme nos mínimos detalhes. Se fosse um personagem, seria Jack Nicholson em “Terapia de choque”.
    Elegante e detalhista, não se satisfaz com o básico. Coletes e foulards de seda fazem parte de seu guarda-roupa. Se for fumante, sempre trará uma carteira especial em couro para seus cigarros, charutos e até cachimbo…
    O perfume ideal para ele é do tipo: Chypre Amadeirado, as notas de cedro, sândalo e vetiver associadas ao patchouli e musgo de carvalho transmitem calor e sofisticação.
    Algumas opções: Vetiver (Carven) 1957; Gentleman (Givenchy) 1974; Giorgio for Men (G.B.Hills) 1984; Fendi Uomo (Fendi) 1988; Luciano Pavarotti (Eurocosmesi) 1995; Black Jeans (Versace) 1997; Paul Smith Extreme (Paul Smith) 2003.

     

  • Rebelde classudo – Irreverente

    É um homem revisitado, irreverente e admirado por grande parcela da ala jovem. Se fosse um personagem, seria Sean Pean, em “Como meninos e lobos”.
    Ele gosta de peças tradicionais, como calça preta, pulôver e jaqueta de couro bem usada. Gel nos cabelos, impecavelmente talhados, compõe o visual.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Chypre Couro, um conjunto de notas olfativas associadas ao musgo e patchouli, que provocam a sensação olfativa de couro.
    Algumas opções: Aramis (Aramis) 1965; Polo (Ralph Lauren) 1978; Moschino (Moschino) 1990; DK Men (Donna Karan) 1994; Michael Jordan (Bijan) 1997.
  • Moderno – Descontraído

    O conceito evidencia um homem moderno, descontraído, sensível e participante. Se ele fosse um personagem, seria Will Smith em “MIB homens de preto”.
    Suas roupas são confortáveis e personalizadas, os modernos óculos de lentes coloridas e relógios de caixa de alumínio fazem parte da sua nécessaire de lona estruturada. Ele gosta de tecidos que liberam os movimentos e sobreposições de peças.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Chypre Fresco, com notas frescas e de grande fixação, que garantem irradiação e impacto.
    Algumas opções: Monsier Givenchy (Givenchy) 1959; Fahrenheit (Dior) 1988; Kenzo (Kenzo) 1991; Horizon (Guy Laroche) 1993; Dalimix (Dali) 1996; Dune (Dior) 1997; Lanvin L’Homme (Lanvin) 1997;
    Aramis Life (Estee Lauder) 2003; L’Aquatonic (Lancôme) 2003.
  • Zen – Equilibrado

    Este homem conhece a arte de viver em harmonia. Criativo e intelectualmente envolvido, gosta de compartilhar conquistas e experiências. Se fosse um personagem, seria Tom Cruise, em “Missão Impossível II”.
    Abusa do street wear e do conceito conforto. Alegre e despojado, gosta de cores limpas e vivas.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Chypre Cítrico, que são as composições mais antigas da perfumaria, caracterizada pelas notas de grande volatilidade.
    Algumas opções: Eau Sauvage (Dior) 1966; Trophée (Lancôme) 1982; Armani (Armani) 1984; Boucheron pour Homme (Boucheron) 1991; CK One (Calvin Klein) 1994; Hugo (Hugo Boss) 1995; Chrome (Azzaro) 1996; Weekend (Burberrys) 1997; Allure Homme Sport (Chanel) 2004; Baldessarini (Hugo Boss) 2004.
  • Debochado – Divertido

    Ele é puro deboche e sua auto-estima é 100%. Se fosse um personagem, seria: Johnny Deep, em “Piratas do Caribe”.
    Usa jeans com look envelhecido, camisa com silk em vinil e bota de couro. Os tênis são de design futurista e couro sintético, já os sapatos têm bico quadrado.
    O perfume ideal para ele é do tipo Oriental Ambreado, que combina tons ambreados com um fundo culinário doce de baunilha.
    Algumas opções: Habitat Rouge (Guerlain) 1965; Obsession (Calvin Klein) 1986; Relax (Davidoff) 1990; Versus (Versace) 1991; Le Male (J.P.Gaultier) 1995; Men (Thierry Mugler) 1997; Jaipur Homme (Boucheron) 1997; Jako (Lagerfeld) 1997; The Dreamer (Versace) 1997; Purple Label (Ralph Lauren)2004.
  • Exótico – Místico

    Ele é exótico e adepto da massagem ayurvédica. Utiliza os conhecimentos da medicina indiana e gostaria de meditar com os monges tibetanos. Se ele fosse um personagem, seria Brad Pitt em “7 anos no Tibete”.
    Seu mocassim de camurça combina perfeitamente com a calça reta, de amarrar, com detalhes em ouro envelhecido.
    O perfume ideal para ele é do tipo: Oriental Especiado, preparados com ingredientes como cravo, canela, noz moscada , combinados com madeiras e notas animálicas.
    Algumas opções: Equipage (Hermes) 1970; Egoïste (Chanel) 1990; Opium pour Homme (YSL) 1995;
    Black Cashmere for Men (Donna Karan) 2004.”

Fonte: Blog Botica Giordano