Colocar aparelho ortodôntico durante a infância e adolescência pode ser um grande desafio, principalmente quando pensamos nas questões estéticas e como isso pode influenciar em nossa autoestima.

Entretanto, para garantir um sorriso harmônico e dentes perfeitos, essa pode ser a solução para que, no futuro, você tenha os dentes da maneira que você sempre sonhou.

Ainda assim, usar aparelho fixo é uma grande responsabilidade. Podemos ver como esse trabalho não é de via única, ou seja, não depende unicamente do dentista. Para garantir o sucesso dos resultados, é importante que o adolescente que coloque o aparelho tenha os cuidados necessários para que o seu objetivo seja alcançado.

Quais os tipos de aparelhos?

Os aparelhos ortodônticos são utilizados com a intenção de corrigir dentes tortos e desalinhados, além de possibilitarem a abertura ou o fechamento de espaços entre os dentes, garantindo uma maior harmonização.

Ou seja: graças ao aparelho, podemos garantir um sorriso bonito por longos anos da nossa vida. Mesmo que o tratamento dure entre seis meses ou um ano, o resultado vale a pena!

No consultório, sempre aparecem diferentes casos para o dentista, assim como diferentes complexidades. Sendo assim, cada caso pode pedir por um tratamento diferente para corrigir o problema.

Pensando nisso, foram criados diferentes tipos de aparelho, até mesmo para que o paciente consiga se sentir o mais confortável possível, o que dá uma maior agilidade nos resultados obtidos.

Os tipos mais comum de aparelho são:

  • aparelho fixo: este tipo é utilizado para movimentar os dentes, através de uma força mecânica. Esse aparelho requer um maior cuidado com a higienização bucal, uma vez que não é possível retirá-lo para higienizar corretamente;
  • aparelho lingual: o objetivo é o mesmo que o do aparelho fixo, promovendo o alinhamento dos dentes. A sua diferença está na sua estética, uma vez que os braquetes são colocados na parte interna dos dentes, em contato direto com a língua, ficando quase totalmente escondido;
  • aparelho móvel: esses são indicados para crianças até os doze anos, pois ainda não possuem a dentição definitiva. O seu objetivo é a alteração da estrutura óssea, deixando os dentes na posição certa.
estudante timida
Shy delighted female student has first date, smiles gladfully, feels embarrassed, has plesant talk with boyfriend, wears spectacles, isolated over pink background. People and positive emotions

Não esqueça de ir às consultas regulares

Ouvimos durante toda a nossa infância sobre a importância de ir ao dentista regularmente. Isso é muito mais essencial quando o paciente está realizando algum tipo de tratamento, como o ortodôntico.

Nessas horas, é importante também ouvir os pais! Para uma pessoa que está com a saúde bucal em dia, o recomendado é que as consultas ocorram uma vez a cada seis meses. 

Já para os pacientes que estão em tratamento ortodôntico, essa frequência pode diminuir para uma melhor manutenção do aparelho. Normalmente, as consultas devem acontecer pelo menos uma vez por mês e é muito importante não escapar delas.

Nessas consultas, além da avaliação do dentista a respeito do tratamento, ele também realiza manutenções, podendo variar entre desentortar o fio ou consertar um bráquete quebrado (pois sabemos que isso pode acontecer!), além de examinar a boca para garantir que não tem machucados.

Isso mostra como reagendar aquela consulta não é interessante, não é mesmo? Mesmo que você não queira ir por preguiça ou por achar que não faz diferença, os resultados podem não ser os mesmos.

Pode perceber: a partir do momento que você tiver um maior cuidado com o seu aparelho ortodôntico, assim como a higienização feita, os resultados podem vir muito mais rápido do que era o esperado.

Tenha cuidado com a sua higiene bucal

Se a higiene bucal já é fundamental para uma pessoa que livre de problemas odontológicos, imagina para quem precisa usar aparelho fixo? Muito mais!

Isso porque quando estamos com aparelho fixo, temos um corpo estranho dentro do nosso corpo, o que causa um maior acúmulo de bactérias. Além disso, os restos de alimentos podem ficar presos nos fios e bráquetes.

Para aquelas pessoas que não realizam a higienização da maneira que o dentista do plano odontológico completo recomenda, o tratamento pode durar ainda mais tempo. Isso mostra como é importante escovar os dentes e passar o fio dental, não é mesmo?

O dentista reconhece como todo esse processo pode ser chato e levar muito tempo. A sua obrigatoriedade só mostra como é importante.

É essencial escovar os dentes pelo menos três vezes por dia e que elas sejam feitas logo após as refeições. Dessa forma, é possível garantir que aquele restinho de alimento que ficou preso entre os dentes ou no aparelho, pode ser retirado mais facilmente.

Esse processo precisa ser feito com calma e de maneira cuidadosa. Da mesma maneira, o fio dental deve ser passado todos os dias. Isso pode ser um grande desafio para aquelas pessoas que estão com pressa ou não têm paciência.

Além do fio dental auxiliar na remoção das partículas de alimento, ele também ajuda a retirar a placa bacteriana, que se forma naturalmente em nossos dentes, mas que tem um maior acúmulo nos bráquetes do aparelho fixo.

Por isso, é muito importante que toda a higienização seja feita da maneira correta. Ninguém quer ter alguma doença gengival, como a gengivite ou a periodontite, quando já está cuidando de outras questões odontológicas, certo?

Cuidado com as peças do aparelho

Com o aparelho fixo, vem também todo um comprometimento com o funcionamento e o cuidado com as peças. Por esse motivo, há uma grande preocupação em alimentar-se da maneira correta, evitando alimentos muito duros.

Essa não é uma recomendação do dentista só porque ele quer ser chato, viu? Quando alguma peça do aparelho fixo quebra, além de poder machucar a boca do paciente, também pode atrasar o andamento do tratamento.

No consultório ortodôntico, que pode facilmente ser encontrado através do marketing digital na odontologia, é o momento de certificar-se do bom funcionamento de todas as peças, além de realizar a troca daquelas que foram danificadas.

O lado negativo disso é que uma peça solta pode atrasar o andamento do tratamento. Por esse motivo, é essencial que todas as recomendações do profissional responsável pelo seu tratamento sejam seguidas.

Seguindo todos esses cuidados, assim como aqueles recomendados pelo profissional que te atende, você pode conseguir em pouco tempo ter aquele sorriso lindo que você sempre sonhou, com dentes alinhados e harmoniosos.

Isso é o que todos queremos, não é? Um sorriso pode mudar a maneira que nos relacionamos com as pessoas, assim como também serve para chamar atenção daquele crush que você sonha há anos. Com o tratamento do aparelho ortodôntico isso é possível!

Conteúdo produzido por Letícia Eleutério