Tempo Estimado de Leitura: 4 minutos

Neste Dia Internacional da Mulher, selecionamos influenciadoras que abordam os mais diversos temas, desde autoconhecimento e empoderamento feminino até finanças

A voz das mulheres está cada vez mais potente, principalmente no meio digital. Seja no Instagram, Facebook, YouTube ou mesmo dando palestras, as influenciadoras brasileiras estão ganhando um crescente reconhecimento. E pensa errado quem acha que elas falam apenas de temas relacionados ao segmento de beleza. Com uma linguagem voltada para públicos diferentes, abordam os assuntos mais variados como autoconhecimento, negócios, empoderamento feminino e finanças?

Para marcar este Dia Internacional da Mulher, 8 de março, selecionamos sete mulheres brasileiras que, além de influenciadoras, são grandes inspirações para as novas gerações.

Camila Porto

Com mais de 59 mil inscritos em seu canal do YouTube, Camila Porto cativou o público com suas dicas sobre Marketing Digital. Ela é empreendedora e trabalha no mercado de infoprodutos. Hoje, seu negócio é baseado em treinamentos online sobre Marketing Digital. Ela também é autora do livro “Facebook Marketing: Como gerar negócios na maior rede social do mundo” e ministra treinamentos sobre Facebook Marketing e Marketing Digital.

Djamila Ribeiro

Negra, feminista e escritora, Djamila Ribeiro é uma das personalidades de destaque quando se fala em empoderamento feminino. Nascida em Santos, a ativista é mestre em Filosofia Política e autora de dois best sellers, “Quem tem medo do feminismo negro?” e “O que é lugar de fala?”. Ela também é Coordenadora da Coleção Feminismos Plurais e Selo Sueli Carneiro e colunista da Marie Claire.

A escritora reflete sobre temas importantes como a questão racial e a situação da mulher negra brasileira. No Instagram, Djamila possui 320 mil seguidores e mais de 210 mil no Facebook.

Heloísa Capelas

Apaixonada pelo autoconhecimento, Heloísa Capelas é uma empresária com uma história inspiradora. Faltando dois anos para se aposentar, ela deixou seu cargo de gerente de um grande banco para investir em um sonho: transformar a vida das pessoas a partir da inteligência emocional. Hoje, Heloísa é diretora do Centro Hoffman no Brasil. A entidade convida seus alunos a passar sete dias em uma completa imersão em um hotel fazenda com o intuito de que passem suas vidas a limpo e encontrem ferramentas de transformação pessoal.

Além de atuar com desenvolvimento humano no Centro Hoffman, Heloísa também é autora do best-seller “O Mapa da Felicidade” e do “Perdão – a revolução que falta” e coautora de mais sete livros na área de Gestão de Pessoas, Coach e Liderança. Em seu Instagram, a especialista possui mais de 26 mil seguidores.

Jout Jout

Conhecida como Jout Jout, a jornalista Julia Tolezano é um sucesso no YouTube. Seu canal “Jout Jout, Prazer” possui mais de 2 milhões de inscritos. A influenciadora sabe cativar o público com seu bom humor e assim toca em temas variados como feminismo, e política.

A menina de Niterói grava seus vídeos em casa mesmo. Seu grande sucesso foi o vídeo “NÃO TIRA O BATOM VERMELHO”, em que fala sobre formas de relacionamentos abusivos. Jout Jout diz que não segue nenhum o roteiro, a ideia é mostrar os vídeos como se fossem uma conversa entre amigos. ?

Nátaly Neri

Com seu canal Afros e Afins, Nátaly Neri fala sobre moda, maquiagem e não deixa de tocar em questões importantes para o empoderamento negro. O objetivo do canal é estimular autonomia financeira, intelectual e estética da mulher negra. Para isso, levanta questões sobre consumo consciente e autônomo, racismo e empoderamento feminino.

A influenciadora é estudante de ciências sociais e produtora de conteúdos digitais. Ela criou seu canal após sentir que havia falta de representatividade de youtubers negros na plataforma. Hoje, a influenciadora possui mais de 500 mil inscritos.

Nathalia Arcuri

Nascida em família de classe média, filha de pai engenheiro civil e mãe dona de casa. a influenciadora teve uma infância simples, porém sem grandes privações. Apesar de ter feito jornalismo, ela sempre gostou de estudar sobre finanças e investimento. Com o tempo, esse interesse se tornou um negócio e a jornalista fundou o Me Poupe!, plataforma de entretenimento financeiro.

Nathalia Arcuri cativou o público com suas dicas de finanças pessoais. Hoje, seu canal conta com mais de 3 milhões de inscritos. O objetivo do Me Poupe! é oferecer educação financeira gratuita ao maior número possível de pessoas. Em maio de 2018, a influenciadora lançou o primeiro Livro pela Editora Sextante, “Me Poupe! 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso”.

Tia Má

Jornalista, conselheira amorosa, preta, gorda e nordestina. É assim que Maíra Azevedo se define no YouTube. Conhecida como Tia Má, a influenciadora possui mais de 80 mil inscritos em seu canal. Lá, ela fala sobre situações cotidianas sem cerimônias, além de levantar sua bandeira contra o racismo e o machismo. Em entrevista para a Claudia, ela diz que a “Tia Má” surgiu a partir de uma experiência pessoal. Em 2015, ela recebeu uma cantada ruim pelo Facebook a chamando de morena. Decidiu então orientar a pessoa sobre como falar com uma mulher.

A influenciadora também teve passagens pela televisão como colaboradora do programa Encontro com Fátima Bernardes, da Globo e como consultora do quadro “Tô Querendo Saber”.