Nos tempos atuais, o sedentarismo e os maus hábitos alimentares se tornaram nos grandes vilões da boa forma, sendo responsáveis pelo aumento do peso dos jovens e adultos em todo mundo. Afinal, com carro, celular, videogames, as pessoas não veem mais a necessidade de se movimentar para se socializar. E para ajudar a alimentação cada vez mais industrializada vem para ajudar no ganho de peso e aumento da gordura corporal. Daí surgem as dietas ditas milagrosas, mas que quase sempre falham, criando um ciclo vicioso, o famoso efeito sanfona do emagrece-engorda, emagrece-engorda.

Uma pesquisa feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) entre 2008 e 2009, revelou que 90% dos brasileiros fazem uma dieta inadequada com pouca ingestão de frutas, legumes e verduras. Na maioria dos casos as pessoas exageram nas bebidas com adição de açúcar, como sucos e refrigerantes, ingerindo o dobro da quantidade recomendada para os adultos segundo o Ministério da Saúde. Sem contar no consumo de biscoitos, linguiças, sanduíches, salgados etc..

Para perder os excessos muitas pessoas acabam fazendo dietas restritivas ou até mesmo o uso de medicamentos que prometem emagrecer, o que pode ser um risco para a saúde.

“As dietas da moda ou radicais podem até diminuir o metabolismo e reduzir o peso, mas também ela pode aumentar o estresse e o hormônio cortisol que provoca estoques de gordura e compulsão alimentar”, afirma o nutrólogo André Veinert, da Clínica Healthme Gerenciamento de Perda de Peso.

Não há fórmulas mágica para emagrecer, o ideal é procurar um médico para que ele avalie suas condições de saúde e elabore um plano de emagrecimento saudável. “Não tem uma dieta padrão para perder peso, o emagrecimento deve acontecer de forma lenta e gradual com uma reeducação alimentar. O paciente irá aprender a comer novamente”, destaca o nutrólogo.

Se você quer emagrecer de forma saudável, siga as dez dicas listadas pelo nutrólogo André Veinert abaixo:

Carboidratos - Dieta1.Alimentação equilibrada
Manter uma alimentação balanceada e variada pode auxiliar na perda de peso. Procure acrescentar em suas refeições grupos de cereais, pães, frutas, verduras, hortaliças, leite e derivados, carnes também são importantes. Controle o consumo de doces e gorduras.

2. Mastigue bem os alimentos
Esse é um dos fatores importantes para o emagrecimento, mastigar os alimentos contribui para o processo de digestão. Por isso, reserve um tempo para comer com tranquilidade no seu dia a dia.

3.Alimente-se a cada três horas
Manter esse ritual ajuda na sensação de saciedade e também impede que você fique com fome e ataque a geladeira quando chegar em casa. Organizar os seus horários e comer de três em três horas mantém o metabolismo ativo.

4.Fontes de vitaminas
Consumir vitaminas faz muito bem ao organismo, por isso, consuma diariamente alimentos ricos em vitaminas como frutas, minerais e fibras que podem ser encontrados em verduras e legumes.

5. Inclua no seu cardápio quinua, banana, damasco, açaí e amaranto
Esses cereais são fontes de triptofano que estimula a produção de serotonina – neurotransmissor que diminui a compulsão alimentar

6. Beba bastante líquido
O consumo de água, sucos e chás naturais estão liberados durante a dieta. Já os sucos industrializados devem ser evitados, pois são ricos em conservantes, aromatizantes e açúcar.

7. Confie em você!
É preciso ter determinação quando se adota um plano de emagrecimento para driblar todas as tentações, incluindo doces, sobremesas, refrigerantes, massas etc..

garfield-balanca0001

Lembre-se de procurar um médico de sua confiança para que ele elabore um cardápio com os alimentos certos que você deve consumir para alcançar o peso desejado.