Tenho 17 anos e comecei a me cortar faz algum tempo, eu tenho muitos problemas na minha vida, um pai machista que bate e maltrata minha mãe, que faz pressão psicológica nos filhos, na esposa, que ameaça, que bebe, que não me deixa estudar (tanto que eu não entrei na faculdade ainda), e que se visse o que eu fiz comigo me chamaria de louca, problemática. Tenho uma mãe que de tanto viver um relacionamento abusivo, apenas aceitou e se tornou igual a ele, o que não mudou em nada no relacionamento dele com ela. Eu não posso ter amigos, não posso sair nem pra ir na esquina e eu digo isso literalmente, não é exagero.

Então eu me vi em um ambiente impossível, não conseguia viver nem mais um dia e sempre vinha ataques de pânico onde eu ficava desesperada para o dia de amanhã não chegar, então a cada briga que eles tinham, a cada insulto, a cada pressão psicológica, eu me cortava e ja cheguei a cortar tão fundo e esperar pela morte, mas não foi o que aconteceu, pensei em acabar com tudo e ainda está cicatrizando da ultima vez que eu fiz e eu confesso que eu esperava que alguém fizesse alguma coisa, me oferecesse uma saída, uma forma daquilo acabar, eu não suportava mais aquela dor e eu precisava expressar de alguma maneira, e foi assim que eu achei a melhor forma, a forma que parecia ser a melhor, me cortando.

Eu queria dizer que eu hoje, decidi não continuar com isso, por mim, porque eu sei que mereço um final feliz, eu mereço paz, eu mereço a chance de ser melhor, eu sou melhor que isso e queria dizer pra você que também se corta que você consegue passar por isso, você consegue ser forte e isso vai passar, você não está sozinha e eu entendo, mas nós precisamos nos dar mais uma chance. E se não der certo, dê mais outra e mais outra até não aguentar mais, e quando ver que chegou no fim, não desista, continue, você é forte, você pode ser feliz e tudo isso vai passar, eu acredito nisso, preciso acreditar, precisamos.

* Se você tem pensamentos suicidas persistentes ou planeja um suicídio, dê mais uma chance para a vida, dê mais uma chance para sua felicidade. Ligue para o Centro de Valorização da Vida (CVV) no número 141, de qualquer lugar do Brasil. Também é possível entrar em contato com a organização via internet, a partir de e-mail, chat e Skype 24 horas por dia.

Quer deixar seu relato para a sessão “Diário Teen”, você pode falar sobre tudo, sobre a briga com a BFF, como saiu do armário, sobre o bullying que está sofrendo, aquele primeiro beijo, sobre seus pais e irmão, enfim sobre qualquer coisa, para participar clique aqui.

DEIXE SEU COMENTÁRIO