Se você está em um processo de reeducação alimentar,  o consumo de frutas é muito importante para uma alimentação equilibrada e para emagrecer de forma saudável. O consumo de frutas ajuda a combater o excesso de peso e ainda previne diversas doenças.

Tá eu sei que não é a mesma coisa do que comer sozinho aquela barra de chocolate ou aquele milkshake de Nutella, mas temos que reconhecer que são muito mais gostosas do que legumes e vegetais, embora sejam importantes na alimentação também, não é mesmo?!?!!

Segundo o André Veinert, Nutrólogo da Clínica Healthme Gerenciamento de Perda de Peso. Titulado pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (SBNPE), o ideal é consumir uma variedade de frutas durante a dieta. “As frutas devem possuir cores diferentes, pois essas frutas contêm diferentes características como vitaminas e minerais”, afirma.

O recomendado é consumir de três a cinco porções diárias para obter as quantidades de vitaminas e nutrientes necessárias para a manutenção da saúde. “Apesar de todas as frutas serem bem-vindas para a saúde, quem está de dieta deve fazer as escolhas certas das frutas, pois algumas são calorias, o que pode colocar a dieta em risco”, alerta o nutrólogo.

As frutas também contribuem para o emagrecimento pelo fato de apresentarem um teor de fibras proporcionando maior saciedade no controle alimentar. Além disso, as fibras também auxiliam no trânsito intestinal e regulam os níveis de colesterol no sangue. “Pera, maçã, mamão e o pêssego são frutas ricas em fibras e que devem ser incluídas na dieta”, diz o especialista.

Há ainda aquelas frutas que combatem a retenção de líquidos. “Algumas frutas são diuréticas, pois aumentam a excreção de água do corpo. O ideal é consumir frutas ricas em potássio para reduzir a retenção de líquido do organismo. Nesse caso, invista no limão, kiwi, melancia ou abacaxi”, esclarece o nutrólogo.

Mas cabe um alerta. Não pense que é só falar em frutas que tudo é permitido. Apesar das frutas ajudarem no emagrecimento também é importante não abusar. “O seu excesso pode contribuir para o acúmulo de tecido adiposo. O ideal é controlar o consumo de frutas ricas em carboidratos como abacate, banana e uva”, sugere o Dr.André.

As frutas devem ser ingeridas junto com as refeições, por exemplo, no café da manhã ou no lanche da tarde. “Ameixa, maçã, cereja, melão podem ser consumidos após as refeições”, recomenda o médico.

O nutrólogo André Veinert listou algumas frutas que contribui para o emagrecimento e na prevenção de doenças. Confira:

Maça: umenta a saciedade. A maçã é rica em pectina um tipo de fibra solúvel que se transforma em gel no estômago, aumentando a sensação de saciedade e diminuindo o ritmo de absorção da glicose. Ainda é rica em potássio que elimina o sódio do corpo reduzindo a retenção de líquidos.

Abacate: o consumo regular do abacate ajuda a reduzir os níveis de colesterol e eleva o HDL conhecido como colesterol bom. Entretanto, essa fruta é bastante caloria, por isso, controle o seu consumo.

Laranja: é rica em fibras naturais reduzindo o apetite e também ajuda a regular o funcionamento do intestino diminuindo o colesterol.

Uva: as frutas são ricas em antioxidantes, o que neutraliza as funções dos radicais livres evitando que eles destruam as células.

Melancia: a fruta hidrata o corpo e também inibi a fome. Além disso, a melancia possui poucas calorias (33 kcal para cada 100 g).

Pera: é rica em fibras e também permanece por mais tempo no estômago eliminando as substâncias que fazem mal ao organismo.

Limão: acelera o metabolismo e também auxilia na manutenção do peso.