Sair do Armário, se assumir gay: é uma daquelas coisas que, se você é gay, você tem que fazer, para poder viver uma vida feliz e realizada. Essa idéia de que você deve pessoas um colapso de suas inclinações sexuais (não menos importante, porque as pessoas heterossexuais não tem que fazê-lo) não pode se sentir justo, mas é mais fácil do que você pensa.

Não pense em sair do armário; pense nisso como o seu próprio renascimento, o renascimento para uma vida feliz, e sem mentiras. Para isso separamos algumas dicas para ajudá-lo a encontrar, sempre … o momento certo, e a diminuir a ansiedade deste momento tão importante.

1. A maioria das pessoas já saberão

1210721_eu-sabia

Com certeza absoluta, o ato de se assumir e sair do armário é uma das coisas mais difíceis que você teve de fazer até agora. É algo que você pode achar melhor manter em segredo, por causa de atitudes muitas vezes negativas da sociedade em relação a homossexualidade. Mas embora você ache que vai surpreender a todos, na grande maioria das vezes seus amigos e familiares provavelmente já saberão! Ou você acha que eles achavam que os pôsteres da Madonna, Gaga e da Beyoncé no seu quarto eram simplesmente porque você queria ficar com elas?

2. Escolha suas palavras cuidadosamente

ba88feb1-04d5-453a-bd6e-d2be87e362dc_DonaHerminiaTrailer

Há uma infinidade de maneiras de se descrever gay – homossexual, viado, etc. Mas embora possa parecer que usar palavras pejorativa possa tornar a situação menos formal, tome cuidado para que você não incentive aqueles que não são gays a usar qualquer coisa outra palavra que não, gay. Homossexual faz você soar como um psiquiatra vitoriano que está prestes a fazer uma lobotomia em alguém. Os outros que você provavelmente já ouviu falar bastante com tom de brincadeira, se você tentar ser legal e usá-los a si mesmo apenas legitima o seu uso entre os heteros! Portanto o melhor é sempre usar a palavra GAY.

3. Você não precisa contar para todos de uma vez

uu

Comece com alguém mais próximo a você, como o seu melhor amigo ou amiga. Dizer de repente para uma pessoa faz a coisa toda parecer mais fácil. Se o conceito parecia totalmente proíbido antes, os abraços, as lágrimas, e a indiferença de seus amigos mais próximos são boas experiências para quando você contar para a sua família.

4. Não conte para seus pais por Whatsapp

valentine-phone

A tecnologia torna mais fácil dizer tudo e qualquer coisa, mas a desconexão experimentada quando você não está frente-a-frente com uma pessoa faz com que ao usar um dispositivo algo tão importante se torna muito clínico. Espere até que você esteja em casa, na boa – seus pais vão querer abraçá-lo, ao invés de apenas enviar a resposta: ‘OK OBG já sabíamos bye RS’.

5. Não queira contar nacionalmente via TV

tumblr_ln5jby1C3p1qdfx9zo1_500_large

Não faça como alguns participantes de programas como Big Brother fazem. Um exemplo foi nos EUA quando um participante, Kemal, quando perguntado no show se sua família sabia que ele era gay, respondeu ‘agora eles sabem’.

(Só para constar, ele entrou no programa todo vestido como Drag Queen).

Isso não é justo com seus pais.

6. Se você esta tendo problemas na escola, aguarde até a faculdade

2013_Capital_Pride_Parade_insert_c_Washington_Blade_by_Michael_Key

Nem todas as pessoas LGBT vive em lugar seguro para sair do armário. Se você mora no meio do nada, se seus amigos ainda não “viram a luz” e são tão caretas quanto seus antepassados, é melhor esperar até a universidade. Lá, você vai encontrar sociedades inteiras dedicadas a sua felicidade, e ainda mais pessoas que não dão a mínima, pelo fato de você ser ou não gay.

7. As pessoas não estão nem aí

uu-2

Isto com certeza será um grande choque para você. Você provavelmente já deve ter perdido o sono nos últimos anos pensando em como se assumir vai arruinar a sua vida, em seu plano de como sair de casa e fugir para a cidade grande, ou sobre como o su jeito de andar pode entregar você, etc. Você acaba assumindo que todos os outros em todo o mundo estão obcecados com a sua sexualidade. Não, ninguém está. Somente você.

8. Escolha uma diva e seja sempre fiel a ela

tumblr_m11vhgBF3u1r3zat8

Esteja preparado para lutar por quem quer que seja e sua causa para o resto de seus dias. Ir para todos os concertos. Assista todas as entrevistas. Defendê-los contra as acusações dos haters. Cada pessoa LGBT precisa de uma rainha. A minha é a mother monster, Gaga, isso mesmo. Agora escolha a sua.

9. Seja forte e corajoso

391555_251333534976560_1700619452_n

Lembre-se: Não fique se desculpando. Você não está admitindo sua sexualidade. Você admite que roubou uma bicicleta, ou que scaneou uma velha senhora. Quando o assunto é sexualidade, você apenas informa as pessoas. Você não fez nada errado. ACEITE ISSO.

10. Você não está sozinho

oo-2

Por último, agora até possa parecer divertido, mas na realidade este momento é muito estressante. Nós tentamos aqui tornar as coisas mais divertidas e até mostrar uma certa realidade, embora infelizmente muitos jovens ainda sofram demais ao ser ele próprio e assumir sua sexualidade publicamente. É muita ansiedade e seus nervos ficam a flor da pele, é uma experiência emocional bem forte, e que pode ser difícil para você e você pode precisar de apoio.

Para mais orientações na sua busca de liberdade, entre em contato com grupos de defesa e ajuda ao público LGBT de sua cidade, ou via internet mesmo. Aqui no Ligação Teen você também pode encontrar bastante materiais de ajuda e orientação. Lembre-se somos todos amigos e sempre nos respeitamos.