O ex-jogador de futebol Maurício Nassar, com passagens por Juventus, Atlético Sorocaba, Matonense, Tigres-RJ e Duque de Caxias, teve que encerrar muito cedo sua carreira, aos 22 anos, após uma série de lesões e o fator principal: a falta de dinheiro.

O que era pra ser uma história triste, se transformou em história de superação e sucesso.

Assim, para se reinventar e se colocar no mercado Maurício, que hoje tem 29 anos, se aventurou na moda e criou a marca Eleggoá.

Em busca de Elegância e Ego, palavras que deram origem ao nome da marca, o empresário comemora quatro anos do novo negócio e garante que os amigos “famosos” foram essenciais para o sucesso da loja.

“Minhas amizades foram fundamentais desde o início do projeto em vários aspectos. Na divulgação, mídia e motivação principalmente dos mais próximos que deram muita força e acreditaram na marca” declarou Maurício.

Artistas como Ferrugem, Gusttavo Lima, Turma do Pagode, Pixote, Vou pro sereno, Mc Kekel , MC WM, Victor Sarro, são alguns dos famosos que levam a roupa e o nome Eleggoá para o mundo todo. ”Foi muito importante esse trabalho de divulgar a marca. Teve uma vez que eu peguei 100 camisas sem que meu sócio soubesse e dei para as pessoas. Isso fez a diferença”, diz o empresário que hoje tem show-room e confecção própria no bairro da Mooca em São Paulo.

Embora a grife seja consumida por inúmeras celebridades quando perguntado sobre valores, Maurício cita questões interessantes sobre custo benefício:

“Hoje não existe no mercado de vestuário, nenhuma marca com o produto similar ao nosso nas questões matérias prima, desenvolvimento, e força de mercado (isso inclui nome e divulgação) com o mesmo valor ou abaixo do que praticamos. Isso não é especulação. É um fato! Fato que ajuda muito na nossa expansão e consequentemente de todos os nossos parceiros”.

Saiba mais em www.eleggoa.com.br.